Acesso à InformaçãoPortal Brasil  
    Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
Página Inicial Publicações Publicações p/ Download Anais I Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil PRODUÇÃO DO COGUMELO COMESTÍVEL – Flammulina velutipes EM CASCA E BORRA DE CAFÉ

PRODUÇÃO DO COGUMELO COMESTÍVEL – Flammulina velutipes EM CASCA E BORRA DE CAFÉ Download

Descrição

Este trabalho teve por objetivo avaliar a viabilidade de se utilizar casca e borra de café como substratos para a produção de Flammulina. F velutipes LPB 01 foi cultivada em extrato de casca de café. No substrato de casca de café, a frutificação aconteceu 25 dias após ser inoculado. A eficiência biológica alcançou valores da ordem de 56% em duas colheitas num período total de cultivo de 40 dias. Quando a borra de café foi utilizada como substrato, a primeira frutificação ocorreu 21 dias após a inoculação e a eficiência biológica atingiu valores da ordem de 78% em 40 dias de cultivo. Foi observada uma redução no teor de cafeínas que passou de 0,65 % a 0,58% e de taninos que passou de 3,65% a 2,91%, respectivamente em casca de café após 40 dias de cultura. Em borra de café, o tanino sofreu uma redução de 0,25% a 0,18% após 40 dias de cultura. Resultados mostraram a viabilidade de usar a casca e a borra como substrato sem qualquer suplementação nutricional para cultivo deste fungo comestível. Ressaltamos que a borra demonstrou ser um substrato melhor que a casca de café.

ABSTRACT: This work is to evaluate the feasibility of using coffee husk and spent-ground as substrates for the production of edible mushroom Flammulina. The strain of F. velutipes LPB 01 was first cultivated for a coffee husk extract medium. With coffee husk as substrate, first fructification occurred after 25 days of inoculation and the biological efficiency reached about 56% with two flushes after 40 days of culture. With spent-ground as substrate, first fructification occurred 21 days after inoculation and the biological efficiency reached about 78% after 40 days of culture. There was decrease in the caffeine and tannins contents from 0.65% to 0.58% and from 3.65% to 2.91%, respectively when F. velutipes was cultivated 40 days in coffee husk . In coffee spent-ground, the tannin contents decreased from 0.25% to 0.18% after 40 days. This results showed the feasibility of using coffee husk and coffee spent-ground as substrates without any nutritional supplementation for cultivation of this edible fungus. Spent ground appeared better than coffee husk for the production of edible mushroom F. velutipes.

Tamanho do Arquivo:
26.32 Kb